Sabonete Natural de Alecrim

Você sabia que o alecrim, além de ser usado na cozinha, é um ótimo aliado para os cuidados com nossa pele e cabelos? Pois é!

Nós da Herbal temos o alecrim como uma de nossas ervas favoritas, tanto que em nosso jardim é uma das ervas medicinais presente em maior número. O vento espalha o maravilhoso aroma do alecrim pelo quintal e por dentro da casa, refrescante e ótimo para melhorar ânimos e humores.

Devido à nossa paixão resolvemos conhecer e explorar as propriedades que essa plantinha cheirosa tem a oferecer aos cuidados com nós mesmos. Em nossas pesquisas descobrimos que o alecrim possui muitas propriedades benéficas à pele e ao cabelo, podemos citar de cara que o alecrim é:

  • Antioxidante: o que isso significa? Bem, temos em nossa atmosfera diversos agentes oxidantes, que aceleram o envelhecimento celular, inclusive as células da nossa pele, que fica em constante contato com a atmosfera dos ambientes de nosso convívio. Os antioxidantes são importantes por combater os radicais livres formados com o efeito dessa oxidação, e portanto, qualquer produto ou alimento com ação antioxidante combate os efeitos do envelhecimento celular. O alecrim, quando usado na pele, reduz os efeitos da oxidação natural, consequentemente reduzindo o envelhecimento da pele. Ótimo, não é? Mas não é só isso, o alecrim é também…
  • Antimicrobiano: Isso quer dizer que o alecrim funciona como um exterminador de micróbios! Exatamente isso! Ele impede a proliferação de micróbios que podem causar irritações como eczema e dermatite na pele;
  • Antisséptico: Não são poucas as qualidades desse aliado de nossa beleza, como podem ver. Muitos sabonetes comerciais possuem exatamente essa característica como grande diferencial, os famosos sabonetes antissépticos: reduzem a oleosidade da pele, impedem a ação de micro-organismos nocivos, combatem irritações e infecções cutâneas. Porém nos sabonetes comerciais a lista de matérias-primas sintéticas, muitas vezes oriundas de processos nocivos ao meio-ambiente, é realmente gigante, muitos desses ingredientes são os próprios causadores de alergias, pois além de serem produzidos para grandes indústrias e produção de cosméticos em massa, são produtos da extração do petróleo, processo altamente nocivo à nossa querida Mãe-Terra. Em nosso sabonete rejeitamos a presença de qualquer produto oriundo de extrações que geram poluição, e pra quê? Quando podemos plantar e usar o alecrim 100% natural, orgânico e colhido em nosso próprio quintal?

Que tal arregaçar as mangas? Ou melhor, em nosso caso, é melhor não arregaçar as mangas não, mantenha as mangas compridas, use luvas, óculos de proteção, prenda seus cabelos, coloque uma máscara e vamos à ação! 🙂

Nossas barras são quase sempre produzidas com o que é conhecido como “Processo à frio”, o que a grosso modo significa que não precisamos de uma fonte de calor para completar a reação que vai transformar os óleos em sabão. Adoramos o fato de não gastar energia na produção dos nossos cosméticos, pois isso torna nossos produtos menos poluentes, como sabemos, a geração de energia é um dos fatores que mais poluem o mundo em que vivemos, quanto menos energia usarmos, melhor para todos.

Às vezes usamos uma combinação de processo à frio com o processo quente, mas essa é uma história para outro dia…

Usar o EPI (equipamento de proteção individual) é de extrema importância quando trabalhamos o processo à frio.

Por quê?

Porque para fazer a reação que transforma nossos óleos em lindos e cheirosos sabonetes, utilizamos o hidróxido de sódio (NaOH), que é conhecido comercialmente como soda cáustica, aquela mesma usada para desentupir pias e em outros produtos de limpeza. Quando a soda é misturada com matérias orgânicas, no caso as gorduras, ocorre uma reação mágica e incrível, onde a soda e as gorduras se unem e se transformam em sabão! Esse processo de saponificação é milenar e foi assim que o homem produziu os primeiros produtos de higiene pessoal.

Como é sabido, ou se não vamos contar agora, a soda cáustica pode causar queimaduras horríveis e até levar à morte caso seja ingerida. Exatamente por isso, levamos o uso de equipamentos adequados à produção de sabonetes muito à sério. Por isso, não se esqueça, apenas faça esse tutorial caso tenha todos os equipamentos de produção à sua disposição, caso não tenha, tudo pode ser facilmente encontrado em farmácias e mercados.

Então, o que você vai precisar pra fazer esse sabonete natural vegano de alecrim? Vamos às listas!

EPI’s obrigatórios (equipamentos de proteção individuais)

  • Jaleco, ou mangas compridas;
  • Sapatos fechados;
  • Máscara;
  • Luvas;
  • Óculos de proteção.

Não se esqueça de abrir as janelas! É necessário que o ar esteja circulando no ambiente pois a reação da àgua com o hidróxido de sódio gera gases!

 

Matérias-primas

  • Água deionizada – 442g
  • Hidróxido de sódio (NaOH – soda cáustica 99%) – 180g
  • Óleo de coco – 65g
  • Óleo de palma – 585g
  • Óleo de palmiste – 195g
  • Óleo de canola – 325g
  • Óleo de rícino – 130g
  • Extrato glicólico de alecrim – 45g
  • Lactato de sódio – 2 colheres de sobremesa (opcional, deixa a barra mais firme)
  • Óleos essenciais ou essências aromáticas – 40g (opcional – usamos óleo de cravo)
  • Óxido de titânio – 3 colheres de chá (cor branca)
  • Óxido de ferro – 2 colheres de chá(cor verde).

 

Instrumentos

  • 1 jarra de PP (polipropileno) para solução de soda + água (500mL ou 1L);
  • Copinhos plásticos para diluir os óxidos;
  • 1 jarra de PP para mistura dos óleos (2 ou 3 L);
  • Potes de vidro ou de plástico para microondas para derreter os óleos sólidos;
  • Espátulas de silicone ou polipropileno;
  • 1 ou 2 fouets de silicone ou inox;
  • Colheres de inox;
  • Mixer elétrico;
  • Molde de madeira revestido com papel manteiga, molde de silicone, ou caixa de leite.

E é isso, siga as instruções no vídeo aqui!!!

Esperamos que tenha gostado das informações compartilhadas, dá um like se gostar e caso tenha dúvidas, teremos prazer em lhe responder.

Beijos e até a próxima!

Equipe Herbal.

 

2 comentários em “Sabonete Natural de Alecrim

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: